domingo, 6 de maio de 2007

Coisas que aprendi na Faculdade (Parte 26)

Trecho do artigo "O Estranho", de 1919, escrito por Sigmund Freud:

"Em certa tarde quente de verão, caminhava eu pelas ruas desertas de uma cidade provinciana na Itália, quando me encontrei num quarteirão sobre cujo caráter não poderia ficar em dúvida por muito tempo. Só se viam mulheres pintadas nas janelas das pequenas casas, e apressei-me a deixar a estreita rua na esquina seguinte. Mas, depois de haver vagado algum tempo sem perguntar o meu caminho, encontrei-me subitamente de volta à mesma rua, onde a minha presença começava agora a despertar atenção. Afastei-me apressadamente uma vez mais, apenas para chegar, por meio de outro détour, à mesma rua pela terceira vez."

O que aprendemos com este texto? Sigmund Velho de Guerra ia pra Itália pra cair nas bocas, e de quebra, arranjar assunto para seu próximo artigo!

1 comentário:

Lady Hell disse...

Sexo, Édipo, Mãe, Ópio...Freud, na sua essência. xD