quinta-feira, 8 de novembro de 2007

100 Coisas Que Eu Não Faria Se Me Tornasse Um Mestre Do Mal (parte 2)

21 - Eu contratarei um talentosos estilista para produzir os uniformes das minhas Legiões do Terror, não aquelas roupas vagabundas que os fazem parecer stormtroopers nazistas, soldados romanos, ou hordas de mongóis selvagens. Todos esses foram eventualmente derrotados e eu quero que minha tropas mantenham o pensamento positivo.

22 - Não importa o quanto eu esteja tentado com a perspectiva de poder ilimitado, eu não vou absorver nenhuma concentração de energia que seja maior que minha cabeça.

23 - IEu terei ume stoque especial de armas de baixa tecnologia e treinarei minhas tropas em seu uso. Assim -- mesmo que os heróis consigam neutralizar meu gerador de força e/ou tornar as armas de energia padrão inúteis -- minhas tropas não serão ultrapassadas por um punhado de selvagens com paus e pedras.

24 - Eu manterei uma visão realista dos meus poderes e minhas fraquezas. Mesmo que isso tire um pouco da diversão da coisa toda, pelo menos eu nunca vou largar a pérola "Não, não pode ser! EU SOU INVENCÍVEL!!!" (Depois disso, a morte é geralmente instantânea.)

25 - Não importantdo o quão bem fosse funcionar, eu nunca contruirei nenhum tipo de robozão gigante que é completamente indestrutível a não ser por uma parte pequena e virtualmente inacessível.

26 - Não importa o queão gostosa for uma memra da rebelião, provavelmente existe alguma mulher tão gostosa quanto que não esteja desesperada pra me matar. Assim, vou pensar duas vezes antes de mandar trazer uma prisioneira aos meus aposentos.

27 - Eu nucna contruirei apenas uma cópia de algo importante. Qualquer sistema importante terá painéis e fontes de força confusos. Pela mesma razão eu sempre carregarei comigo duas armas totalmente carregadas.

28 - Meu monstro de estimação será mantido numa jaula segura de onde ele não possa escapar e eu não possa acidentalmente tropeçar e cair dentro.

29 - Eu me vestirei com cores vivas e brilhates, e assim confundirei meus inimigos.

30 - Qualquer taberneira gostosona no meu reino será substituída por garçonetes sem graça que não irão ajudar ou se envolver romanticamente com o herói e/ou seu ajudante.

31 - Quaisquer magos mancos, cavaleiros possantes, bardos sem talento e ladrões covardes nas minhas terras serão mortos. Meus inimigos com certeza abandonarão sua aventura se não acharem nenhum tipo de diversão.

32 - Eu não entrarei em fúria e matarei um menssageiro que me trouxer notícias ruins só pra mostrar o quanto eu sou malvado. Bons menssageiros estão difíceis de se encontrar.

33 - Eu não obirgarei as mulheres gostosas de minha organização a usarem apenas sutiãs de metal. É mais moral com um sistema mais formal. Similarmente, roupas feitas ineiramente de couro preto serão reservadas para situações formais.

34 - Eu não me transformarei numa cobra. Isso nunca ajuda.

35 - Eu não terei um cavanhaque. Anitgamente isso o fazia te parecer diabólico. Agora só te faz parecer um membro afastado da Geração X.

36 - Eu não aprisionarei membros do mesmo super grupo numa mesma cela. Se forem prisioneiros importantes, eu guardarei a única chave comigo, ao invés de dar uma cópia pra cada guarda abobado que estiver nos corredores.

37 - Se meu confiável tenente me disser que minhas Legiões do Terror estão pérdendo uma batalha, eu acreditarei nele. Afinal, ele é meu confiável tenente.

38 - Se o inimigo que eu acabei de matar tiver um irmão ou cria em algum luar, eu os encontrarei e matarei imediatamente, ao invés de esperar eles cresecerem e desenvolverem seus sentimentos de vingança contra mim.

39 - Se eu realmente precisar entrar em batalha, eu certamente não irei na frente da minhas Legiões do Terror, e nem ficarei procurando meu contraparte no meio da bagunça.

40 - Não serei cavalheiresco nem farei alardes. Se eu tiver uma super arma indefensável, eu usarei assim que possível, ao invés de deixa-la em estoque para usar numa ocasião especial que nunca vai chegar.


Veja a parte 1

6 comentários:

Anónimo disse...

Análise de um Herói Gay:

21 - Eu contratarei um talentosos estilista para produzir os uniformes das minhas Legiões

Obs.: "um talentosos" é bom. Estilista, aff

29 - Eu me vestirei com cores vivas e brilhates

Obs.: Cores vivas e brilhantes, aff. Muito rosa e fúcsia, aff

30 - Qualquer taberneira gostosona no meu reino será substituída por garçonetes sem graça

Obs.: Hmmm. Ah, entendi. Aí os homens com tesão serão todos teus. Genial.

33 - Eu não obirgarei as mulheres gostosas de minha organização a usarem apenas sutiãs de metal. É mais moral com um sistema mais formal.


Obs.: Hmm. Ah, entendi. É muito sem graça um monte de mulher semipelada andando pra lá e pra cá. Distrai os homens de seus deveres para contigo, aff.

Bem, chega. Já provei meu ponto.
Por favor, adivogada do Herói. Defenda-o dessas calúnias.

Huginn disse...

É, teu radar gay parece estar funcionando. Log tu encontra o homem dos teus sonhos.

Anónimo disse...

Na verdade, já encontrei. Só não sei o nome dele porque ele se esconde atrás do nick "Huginn". A cada novo post minhas suspeitas se confirmam mais e mais. Huginn, sua
Biba safada, sai do armário e vem pros meus braços.

Huginn disse...

E quem te disse que sou homem? há!

Lady Hell disse...

É! E se ele for um alienígena??

Rufus disse...

Regras mutio bem boladas. Parabéns.